segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Estamos na Série C



Fotos de Ricardo Fernandes/DP

ESTAMOS NA SÉRIE C

Clóvis Campêlo

Para mim, o grande espetáculo de ontem, no Estádio do Arruda, no empate de 0x0 entre o Santa Cruz e o Treze de Campina Grande, ocorreu nas arquibancadas. Mais uma vez, a torcida coral mostrou a sua força e a sua fidelidade ao clube que ama. Oficialmente, 59.966 pessoas foram ao estádio, proporcionando uma renda de R$ 1.010.860. No olhômetro, porém, era notório que bem mais gente estava presente. Se tivessem noticiado 70.000 não seria nenhuma surpresa para mim. Nas rádios, após o jogo, a própria crônica esportiva comentava sobre isso. Não falo com certeza, mas deve ter sido o maior público da rodada de ontem em jogos do Campeonato Brasileiro de todas as séries.
Dentro de campo, mais uma vez, jogamos apenas o suficiente para garantir a classificação à fase seguinte e, consequentemente, o acesso à Série C, em 2012. Era tudo o que todos queriam. Agora, livres da obrigação do acesso, esperamos que a equipe desenvolva um melhor futebol e chegue ao precioso título. Seria fechar com chave de ouro um ano bastante positivo para o Mais Querido de Pernambuco.
Em entrevista concedida às rádios após o jogo, o próprio treinador Zé Teodoro admitiu que agora teremos mais condições de desenvolver um futebol de melhor qualidade. Todos nós sabemos das limitações do nosso time. Mas, todos nós sabemos também que na Série D não existe nenhuma outra equipe que possa nos superar em tradição, conquistas, torcida e estrutura clubística. Assim, conquistar o título torna-se quase uma consequência natural de tudo isso e um prêmio que a torcida coral não esquecerá.
Aliás, reconhecer humildemente a real situação em que nos encontravámos, no início do ano, e valorizar cada um desses passos dados e conquistados foi condição necessária para sermos bem sucedidos nesse projeto de soerguimento do clube tricolor do Arruda. Como afirmou Zé Teodoro com convicção, após o jogo de ontem, não queremos ficar por aqui. Queremos avançar mais, com segurança e realismo, em busca de uma posição mais digna dentro de cenário desportivo brasileiro. O Santa Cruz e a sua imensa torcida merecem.
Agora é partir para os jogos finais. No próximo domingo, dia 23, enfretaremos no nosso estádio a equipe do Cuiabá, para nós uma ilustre desconhecida. Com a mesma seriedade e força de vontade, estaremos novamente no Estádio José do Rêgo Maciel, ao lado do time, para superar mais este obstáculo.
Ontem, nas Repúblicas Independentes do Arruda, a equipe formou com Tiago Cardoso; Leandro Souza, André Oliveira e Jeovânio; Wesley (Renatinho), Chicão, Memo, Natan (Éverto Sena) e Dutra; Fernando Gaúcho e Tiago Cunha (Bismarck).

5 comentários:

Bráulio de Castro disse...

Como você bem disse Clóvis, a torcida fez o espetáculo, sofremos mas chegamos lá. Eu assistindo pela televisão quase tive um troço.

Márcio Kidura disse...

Olá Clóvis, parabéns por esse passo do Santa, essa torcida é fantástica e merece isso.

Anônimo disse...

A torcida do Santinha é um show a parte, o que temos agora é ir em busca do título.

Parabéns pelo Texto Clóvis, retrata bem o espírito tricolor.

Everi Rudinei Carrara disse...

é a maior e mais simpática torcida do BRASIL,os números confirmam!!!!
o SANTA chegará a ´serie A nos próximos anos, e conquistará lugar de destaque no país.
blog do santa está linkado no telescopio.
eu te disse ,confiro no zé teodoro,foi um brilhante jogador no SÃO PAULO FC.
abçs tricolores
everi carrara
sempre apoiando e divulgando o maior clube do nordeste SANTA CRUZ DO RECIFE

Lauthenay Perdigão do Carmo disse...

O Santa Cruz merece a classificação par a série C.
Talvez não pelo time. Mas pela torcida. Tenho uma ad miração muito grande pela torcida coral.
Parabens.
A cobra está fumando.