sábado, 15 de outubro de 2011

Hino do Santa Cruz



Fotografia feita por Edmond Dansot, em 1972, para a capa do disco "Carnavalença - Carnaval dos Irmãos Valença", produzido por Leonardo Dantas Silva para a Fábrica de Discos Rozenblit e gravado por Expedito Baracho com a Orquestra de Nelson Ferreira.


HINO DO SANTA CRUZ


João Valença e Raul Valença

Nos anais, nos calendários
Fiquem sempre por lembrança
Teus lauréis extraordinários
De bravura e de pujança
Nos esportes tua história
É orgulho a que faz jus
Este símbolo de glória
Que é teu nome Santa Cruz
Uma voz proclama e canta
É a voz das multidões
Santa Cruz, querido Santa!
Campeão dos campeões
Esta multidão tamanha
Gente pobre que te aclama
Lembra o ouro que se apanha
Nos cascalhos e na lama
Esse ouro é sangue, é vida
É delírio, raça, e amor
A bandeira tão querida
A bandeira tricolor


(Colaboração de Leonardo Dantas Silva)

2 comentários:

Júlio Vila Nova disse...

Obrigado, Clóvis!

A letra do nosso hino é de uma beleza só, quando retrata nossa riqueza maior, essa torcida fantástica, que vale ouro.
Acho que a música está precisando de uma regravaçao, com arranjo mais atual, para que todos a conheçam
.
saudações corais

Sileiman Kalil Botelho disse...

Permita-me acrescentar:

Esse ouro é sangue é vida
Que vibra dentro do peito;
Desta vibrante torcida,
É amor mais que perfeito.

Mais um grande abraço. SKB