domingo, 19 de fevereiro de 2012

Tem dia que de noite é fogo



TEM DIA QUE DE NOITE É FOGO


Alberto Felix, de São Paulo

Do céu ao inferno, lugarzinho comum danado!
Inferno só se for coral!
Caro camarada coral, venha cá e fique lá mesmo.
Isso cheira a boicote, sabotagem e patifaria!
Perder para o boi-color desta maneira?
No terreiro lá de casa!
Parei.
O leite do dedo do cão cegou meus olhos e selou meus ouvidos!
Amanheci mais enfezado que soldado da “RP” dando baculejo em noiado no Cais de Sta Rita!
Perdemos e ponto.
O resto é choro de viúva.
O departamento médico barrou Tiago Cardoso e outros.
Bobagem, perdeu, perdeu.
Estás aborrecido camarada coral?
Eu também.
Mas, bora embora que o campeonato não acabou!
Tem mais jogo!
Tem volta, mas se tem!
Isso foi só um cruzado de direita (esse boi-color só pode se de direita mesmo!).
Essas mal traçadas linhas é só pra dizer que:
Na alegria, na tristeza, na doença e saúde.
Eu sou Santa Cruz de copo e alma.


Nenhum comentário: