quinta-feira, 8 de março de 2012

Uma nova tentativa



UMA NOVA TENTATIVA

Clóvis Campêlo

Ontem à noite, em Manaus, o Santinha iniciou mais uma campanha na Copa do Brasil, e, ao mesmo tempo, em busca do que poderá vir a ser o seu primeiro título nacional.
Enfrentamos e derrotamos o Penarol de Itacoatiara, município com mais de 80.000 habitantes, situado a 176 quilômetros de Manaus.
O Penarol Atlético Clube foi fundado em 8 de agosto de 1947 e apesar de ter participado de várias versões do Campeonato Amazonense de Futebol Profissional, só em 2010 veio a ganhar o seu primeiro título, repetindo a dose e conquistando o bicampeonato em 2011.
Segundo os historiadores, em 1947 o Peñarol do Uruguai fez uma excursão pela Região Norte do Brasil, parando em Itacoatiara para realizar um treino e levando os desportistas da cidade a fundarem um clube que herdou o nome do visitante e as cores (azul e branco) do Nacional de Manaus.
A conquista do título estadual em 2010, deu ao Penarol de Itacoatiara o direito de disputar a Copa do Brasil em 2011 e a Série D, onde terminou na 13ª colocação. Este ano, portanto, participa da Copa do Brasil pela segunda vez.
Portanto, foi essa equipe que ascendeu no futebol amazonense recentemente, que o Santinha derrotou, ontem, com dois gols de Geílson.
Segundo a crônica especializada, o time coral teve um bom primeiro tempo, onde marcou os dois tentos da vitória e teve chances de fazer mais, realizando, porém, uma segunda etapa de baixo nível, deixando que o time amazonense não só marcasse o tento que o livrou da desclassificação precoce, como pressionasse de forma perigosa em busca do gol de empate. A partida de volta será realizada na próxima quarta-feira, dia 14, no Arruda, onde o Santinha poderá até ser derrotado por 1x0 e garantir a classificação.
Foi um bom começo para uma equipe que sempre teve fôlego curto na Copa do Brasil, sem conseguir ir muito longe.
Diante de um público diminuto de apenas 1.834 pessoas e sob o comando de Zé Teodoro, vencemos com Tiago Cardoso; Diogo, Leandro Souza, William e Dutra; Anderson Pedra, Memo, Weslwy (Natan) e Renatinho (Luciano Henrique); Geílson (Flávio Recife) e Dênis Marques.
No próximo domingo, no Arruda, diante do líder Salgueiro, mais um jogo importantíssimo pelo certame estadual. Uma vitória poderá consolidar definitivamente o Santa Cruz no ambicionado G4, onde realmente será decidido o Pernambucano 2012. Com certeza, será um jogo de casa cheia e com mais uma demonstração de força da imensa torcida coral.
Aproveitamos ainda, hoje, Dia Internacional da Mulher, para felicitar todas as desportistas pernambucanas, principalmente, o coletivo de mulheres que amam o Santa Cruz Futebol Clube.


Nenhum comentário: