terça-feira, 29 de maio de 2012

Navegar é preciso...


NAVEGAR É PRECISO

Clóvis Campêlo

Nada melhor para passar o tempo e matar o ócio do que navegar pela grande rede e pelas lembranças do passado.
Somos um clube forjado pela força e persistência da sua torcida e dos grandes dirigentes que por aqui passaram.
Como diria o poeta, o Santa Cruz é do povo como o céu é dos aviões.
Por absoluta falta de tempo para me deslocar ao Arquivo Público Jordão Emerenciano e pesquisar sobre os anos  do penta campeonato, fui obrigado a suspender momentaneamente a pesquisa que fazia sobre esse título que muito nos emociona.
Ainda cheguei a levantar os dois primeiros meses de 1969, janeiro e fevereiro, cujos textos estão aqui mesmo, em algum lugar desse blog mantido com tantas dificuldades.
O projeto não está descartado, mas apenas aguarda em banho-maria condições mais favoráveis.
É claro que junto à pesquisa no Arquivo também fazia e faço a pesquisa na internet, no google, o novo pai dos burros, esse grande acervo de informações e imagens que existe hoje a democraticamente disposição de todos.
A fotografia acima foi encontrada assim. Uma das formações do Santinha em 1969, grande equipe, formada basicamente por jogadores pratas-da-casa e por valores contratados na região nordestina.
Em pé, da esquerda para a direita: Pedrinho, Noberto, Zé Júlio, Zito, Birunga e Ary. Agachados, Fernando Santana, Facó, Mirobaldo, Luciano Veloso e Nivaldo.
Enquanto não começa a Série C do Campeonato Brasileiro 2012, vale a pena ver de novo!

Nenhum comentário: