terça-feira, 18 de setembro de 2012

Zé Teodoro critica especulação de saida e se diz firme para a conquista do acesso

Zé Teodoro critica especulação de saida e se diz firme para a conquista do acesso

Momento de instabilidade no Arruda. Quando isso acontece, no caso do Santa Cruz, com o time sem vencer há três jogo na Série C, sem nenhuma vitória fora de casa na competição e fora do G4 do grupo, o principal alvo das criticas é o treinador. Nesta segunda-feira, questionou-se bastante uma possível saída de Zé Teodoro, prontamente negada pela diretoria, após reunião nesta manhã.

Consciente do momento que o time atravessa na Série C, ocupando a sexta colocação do Grupo A, o
treinador afirmou que se mantém, com o respaldo da diretoria, seguro no comando do time e confiante no acesso à Série B.

PERMANÊNCIA

Segundo o treinador, a notícia do seu possível desligamento do clube o pegou de surpresa. Zé Teodoro disse que o presidente conhece o seu trabalho, respaldado pelo bicampeonato estadual e
acesso à Série C e que, durante a reunião que teve com a cúpula coral nesta tarde, não falou-se em saída. Ele reconheceu que a falta de resultados está causando insatisfação, mas classificou o momento como passageiro:

“Fui pego de surpresa com a especulação em torno da possibilidade de deixar o comando técnico do Santa Cruz. O presidente conhece o meu trabalho, respaldado pelo bicampeonato Pernambucano e o acesso à Série C. Na reunião que tivemos, em nenhum momento falou-se em saída. A falta de resultados está causando insatisfação entre os
torcedores, mas isso é passageiro.”

CONFIANÇA

O treinador se mantém irredutível quanto a levar o Santa Cruz à Série B do Campeonato Brasileiro. Ele disse ter total confiança no grupo de jogadores e ressaltou que o momento não é de sair do clube, mas enfrentar o momento difícil ao qual a equipe está passando na Série C. Ao afirmar que vai tirar o time deste momento delicado, ele se intitulou como mais Tricolor do que muitos e reforçou o respaldo que tem com o Presidente Antônio Luiz Neto:

“Acredito no potencial do grupo. Esse não é o momento de sair, mas de enfrentar a adversidade, não abandonar o barco. Vou ajudar e o time vai sair dessa escassez de vitorias no Campeonato. Posso dizer que sou mais Santa Cruz do que muita gente que tem por aí. O Presidente sabe do que somos capazes. Não sou paraquedista, tenho resultados comprovados e sei da competência do elenco e da comissão técnica.”

RELACIONAMENTO

Diante da instabilidade do time, muitos fatos acabaram sendo noticiados. Questionado sobre o relacionamento com a diretoria de futebol, o comandante Coral destacou que a relação mantida com a cúpula do clube é a melhor possível. Ele negou qualquer insatisfação da parte dele quanto ao atraso no salário. Segundo ele, a preocupação maior está na rotina do clube e em dar resultado. O treinador aproveitou para criticar o frisson criado nessa manhã em torno da hipótese de deixar o clube:

“Minha relação com a direção do clube é a melhor possível. Tenho uma ótima convivência com o Presidente , Constantino Júnior, diretor de futebol e Sandro. O problema financeiro do clube não me afeta, já que tenho outras fontes de renda. E isso será contornado rapidamente. Minha grande preocupação está com a rotina do clube e dar resultados. Só deixo o Santa Cruz no dia em que não sentir confiança no meu grupo de jogadores. Aproveito para lamentar o trabalho de parte da imprensa, que se deu mal ao embarcar em falsas especulações.”

TORCIDA

Para encerrar, o treinador pediu tranquilidade à Torcida. Ele reafirmou que sente mais tricolor do que muitos e procurou banalizar as criticas, pois, na concepção dele, as criticas que o time vem sendo alvo neste momento são vagas. O técnico afirmou que o trabalho continua e afirmou que esse é o momento aonde se conhecem os vencedores:

“Peço tranquilidade à torcida. Digo mais uma vez que sou mais Tricolor do que muitos. Criticar o clube em um momento como esse é fácil, difícil é ajudá-lo a se manter de pé. Estou respaldado pelo Presidente e sigo firme para a conquista do acesso. O trabalho continua, tanto que já estou aqui em plena segunda-feira, dia de folga. O verdadeiro vencedor se conhece nessa hora, de dificuldade. Meus jogadores já provaram do que são capazes.”

Fonte: Agência CoralNET de Notícias

Nenhum comentário: