sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Não basta ser tricolor!


NÃO BASTA SER TRICOLOR!

Clóvis Campêlo

Não basta ser tricolor! Tem que "secar" também a Coisa ruim da Ilha. E a chocolatada de ontem, contra a Portuguesa, foi maravilhosa: 5x1. Foi uma festa portuguesa, com certeza! Cada vez mais se prenuncia o Clássico das Multidões na Série B, em 2013. E eles tremem com isso. Se existe um time com o qual eles são traumatizados é o Santa Cruz.
Vejo nos jornais recifenses que o treinador Zé Teodoro, ontem, realizou demorados treinamentos de finalizações. O ataque coral não pode mais errar tanto. Isso poderá nos custar caro. Quem foi ao Estádio do Arruda, domingo passado, viu que poderíamos ter goleado o Cuiabá, mesmo sem apresentar um futebol de alto nível. Bastaria ter transformado em gols as oportunidades criadas e perdidas.Vejo, ainda, que, provavelmente, o Santinha se utilizará do esquema 4-4-2 para enfrentar o Icasa. Acho isso bom. Se tem um esquema tático que não aprecio é o 3-5-2, invenção europeia que alguns treinadores gostam de copiar de forma equivocada. Quem não se lembra de Sebastião Lazarone, na Copa de 1990, utilizando-o e enterrando a pretensão brasileira do tetra?
Uma outra questão que tem me preocupado, diante das notícias das constantes contusões, é a preparação física da equipe. mais uma vez, machucado, Wesley não jogará. Natan, há muito que está no estaleiro. e Ramalho foi contratado para sobrecarregar o departamento médico coral, já que ainda nem estreou, apesar de estarmos chegando ao fim da fase.
Enfim, vencer o Icasa é a condição sine-qua-non para garantirmos a classificação e continuarmos a luta para a ascensão à Série B. Que a competência seja o combustível necessário para a nossa vitória.

Nenhum comentário: