domingo, 31 de março de 2013

SANTA CRUZ JOGA BEM, VENCE O NÁUTICO NOS AFLITOS, ACABA COM TABU E VIRA LÍDER DO PERNAMBUCANO

Festa nos Aflitos! Santa Cruz vence Náutico, quebra tabu e assume a liderança

O Santa Cruz decretou o fim do tabu no Clássico das Emoções em jogos nos Aflitos. Neste domingo, a equipe tricolor venceu o Náutico por 2x0, gols de Natan e Dênis Marques. Além de pôr fim a uma marca negativa, o resultado deu ao Mais Querido a liderança doCampeonato Pernambucano. Uma vitória maiúscula, construída pelas alterações promovidas pelo técnico Marcelo Martelotte

O TIME- Conforme anunciou durante a semana, o técnico Marcelo Martelotte promoveu mudanças no time. A equipe tricolor atuou no Clássico das Emoções escalada com: Tiago Cardoso, Éverton Sena, Cesar, William e Tiago Costa; Tozo, Luciano Sorriso, Natan, Raul e Renatinho; Dênis Marques.

O JOGO – Dentro dos Aflitos, diante do líder do Campeonato Pernambucano, a equipe tricolor utilizou um novo esquema tático, o 4-2-3-1. A mudança de postura surtiu efeito com a bola rolando. 

Durante os primeiros 45 minutos, o que se viu foi o Santa Cruz com uma defesa sólida, interceptando as investidas alvirrubras. Na principal arma do Náutico, as investidas do atacante Rogério pelo lado esquerdo, William não permitiu que o adversário criasse perigo ao goleiro Tiago Cardoso.

No ataque, a equipe tricolor explorou bem os contra-ataques, mas pecou nas finalizações. O trio de meias formado por Natan, Raul e Renatinho deu muito certo, com os jogadores confundindo bastante o setor defensivo do Náutico.
Sobretudo com Renatinho, que perdeu um gol claro nos primeiros minutos da partida e com Dênis Marques, o Santa Cruz criou boas situações de gol. O Mais Querido foi quem lamentou o término da primeira etapa com o placar marcando 0x0.

SEGUNDO TEMPO - Na segunda etapa, o Santa Cruz sentiu um pouco a questão física. No primeiro momento, o Náutico apertou bastante o tricolor, ficando muito próximo de abrir o placar. O sistema defensivo Coral fez o pôde para evitar a desvantagem no placar.

Em meio à pressão do Náutico e a queda no ritmo de jogo, a equipe tricolor seguiu imprimindo os contra-ataques. Sabiamente, o técnico Marcelo Martelotte promoveu as entradas de Nininho e Jefferson Maranhão. Os dois resgataram o fôlego do time.

Após as alterações, a equipe tricolor chegou ao primeiro gol com Natan e ao segundo com Dênis Marques. Depois de tanto desperdiçar no primeiro tempo, o Santa Cruz surpreendeu o Náutico no segundo tempo e venceu. 2x0, para pôr fim ao tabu nos Aflitos e colocar o Tricolor na liderança do Pernambucano.

Fonte: Agência CoralNET de Notícias

Nenhum comentário: