segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O 500º Clássico das Emoções


O 500º CLÁSSICO DAS EMOÇÕES

Clóvis Campêlo

Segundo matéria publicada no Jornal do Commercio de hoje, o jogo da próxima quarta-feira entre Santa Cruz e Náutico será o 500º Clássico das Emoções, disputado entre os dois clubes.
Essa história, segundo o texto da jornalista Luana Ponsoni, começou em 1917, quando o Santinha meteu 3x0 no Timbu e emplacou a primeira vitória.
Ao todo, foram 194 vitórias corais, contra 161 vitórias timbus.
Não sei se a matéria da jornalista se baseou nas estatísticas de Carlos Celso Cordeiro, abnegado torcedor alvirrubro que tive o prazer de conhecer no Arquivo Público Jordão Emerenciano, nos anos 90, quando iniciava as suas pesquisas.
Em função delas, já publicou diversos livros sobre o futebol pernambucano, dando enfase ao chamado Trio de Ferro (Náutico, Santa Cruz e Sport).
O seu trabalho, aliás deu continuidade ao trabalhado pioneiro de Givanildo Alves, jornalista já falecido e que iniciou o resgate da história do nosso futebol com livros importantes e esclarecedores.
Antes deles, a história do futebol pernambucanos limitava-se a crônicas isoladas ou livros pitorescos que abordavam muito mais aspectos folclóricos do que históricos do futebol pernambucano. Era na base do "ouvi dizer".
Aos dois pioneiros, faço as minhas homenagens.

Nenhum comentário: