quinta-feira, 10 de abril de 2014

Lagarto 0 x 1 Santa Cruz


LAGARTO 0 x 1 SANTA CRUZ

O time reserva do Santa Cruz foi bem na estreia da Copa do Brasil e venceu o Lagarto por 1x0, na noite desta quarta-feira (9/4), no Estádio Presidente Médici, na cidade de Itabaiana-SE. Caso o tricolor tivesse vencido por dois gols de diferença evitaria o jogo da volta, marcado para o dia 30, no Arruda. O time coral joga por um empate sem gols para passar a próxima fase da competição. O empate a partir de 1x1 dar a vaga ao time sergipano, que se vencer por 1x0 levará a decisão para os pênaltis.
O Santa Cruz começou marcando bem, não deixando espaço para o Lagarto. Assim, o tricolor aos poucos, foi se impondo. Logo aos dez minutos, o lateral Panda, pela esquerda, partiu em velocidade para cruzar na área. O meia Carlos Alberto, em boa posição, cabeceou livre para fazer 1x0.
Com a vantagem no placar, o time coral ficou esperando o Lagarto. O time da casa passou a atacar mais, mas sem muita objetividade. Mesmo assim, aos 23 minutos, o meia Da Matta cobrou escanteio e a bola bateu no travessão e saiu, quase um gol olímpico. Em seguida, o Santa Cruz respondeu com o atacante Adílson, que finalizou para fora.
Os reservas do Santa Cruz nem pareciam que atuavam pela primeira vez. O time tocou bola com tranquilidade. Os volantes Everton e Jhonata marcavam bem, enquanto os meias Carlos Alberto e Renatinho procuravam encostar nos atacantes Adílson e Betinho. O Lagarto tentava armar as jogadas para o atacante Nádson. O avante, porém, não teve competência em aproveitar uma boa chance aos 37, quando errou a finalização e mandou para fora. A resposta do tricolor foi imediata. Renatinho bateu forte e a bola passou perto da trave do goleiro Santos.
O Santa Cruz começou o segundo tempo com Pingo na vaga de Carlos Alberto, enquanto no Lagarto o atacante Nádson deu o lugar a Gabriel. O tricolor partiu para cima. Com quatro minutos, o meia Renatinho desperdiçou duas boas chances de ampliar o placar. Depois, o zagueiro Renato Camilo tentou de longe e a bola passou rente a trave de Santos, aos seis minutos.
A equipe do Lagarto retomou o controle do jogo. A partir dos 20 minutos esteve mais presente no ataque. No entanto, encontrou no goleiro Fred uma barreira. Aos 23 minutos, o lateral Índio cobrou falta e Gabriel entrou na área e bateu, mas o arqueiro tricolor fez boa defesa. Um minuto depois, o lateral Nequinha cruzou e o próprio Gabriel, de cabeça, obrigou Fred a praticar outra bela defesa.
O Santa Cruz ficou em alerta e se fechou para garantir a vitória.

FICHA DO JOGO

Lagarto: Santos; Nequinha, Welton, Walter e Índio; Bahia, Fernando (Kemerson), Dedeco e Da Matta (Brasão); Nádson (Gabriel) e Jussimar. Técnico: Pedro Mendes.

Santa Cruz: Fred; Nininho, Vágner, Renato Camilo e Panda; Everton, Jhonata, Carlos Alberto (Pingo) e Renatinho (Jefferson Maranhão); Adílson (Raniel) e Betinho. Técnico: Vica.

Local: Estádio Presidente Médici, em Itabaiana (SE). Árbitro: José Figueiredo (AL). Assistentes: Adeilton Guimarães e Thalis Monteiro (AL). Gol: Carlos Alberto, aos 10 minutos do 1º tempo. Renda e público: não divulgados.Cartões amarelos: Everton e Jefferson Maranhão (S); e Bahia (L).

Fonte: Jornal do Commercio do Recife

Um comentário:

Anônimo disse...

Uma boa formação que pode ser bastante utilizada na série B.