quarta-feira, 21 de maio de 2014

Oeste 1 x 1 Santa Cruz


OESTE 1 x 1 SANTA CRUZ

O Santa Cruz continua sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. O tricolor empatou pela sexta vez seguida na competição ao ficar no 1x1 com o Oeste nesta terça (20), no Estádio dos Amaros, na cidade de Itápolis-SP. O fato é que o time encontra-se em uma situação curiosa: não vence, mas também não perde.
No entanto, a invencibilidade não é motivo para comemoração. Isso porque os corais estão em 14º lugar, com seis pontos conquistados. A próxima partida do Santa Cruz é justamente diante do líder América-MG, sexta-feira, nos Aflitos, devido a interdição do Arruda por parte da CBF e do STJD.
Em relação ao jogo anterior contra o Icasa, o técnico Sérgio Guedes promoveu apenas uma mudança. O volante Memo entrou na vaga de Luciano Sorriso. O time até que começou bem a partida, com a marcação bem encaixada. O Oeste, por sua vez, procurava usar a velocidade.
No entanto, a partida se concentrou no de meio de campo. O time tricolor só contava com o meia Carlos Alberto para armar as jogadas. Dessa forma, Leo Gamalho ficou isolado, enquanto Pingo era ineficiente. Mesmo assim, aos 18 minutos, o lateral Renatinho cruzou da esquerda. Leo Gamalho escorou de cabeça para o zagueiro Everton Sena, que como um atacante, bateu firme para fazer 1x0, sem defesa para o goleiro Paes.
O Oeste reagiu logo ao gol. Aos 20, em uma falta, o lateral Dênis mandou a bola no ângulo esquerdo para decretar 1x1, sem defesa para Tiago Cardoso.
No segundo tempo, o Santa ocupou mais o campo ofensivo, mas em eficiência. Leo Gamalho permaneceu perdido na frente. O time tricolor rondava a área do Oeste, mas sem muitas oportunidades de finalizar. O Oeste passou a explorar os espaços e criou algumas oportunidades. Aos dez, o volante João Denoni arriscou de fora da área e Tiago Cardoso fez grande defesa. Depois, aos 16, o atacante Lelê, sozinho, finalizou e o goleiro tricolor voltou a salvar.
Com a situação cada vez mais difícil, Sérgio Guedes começou a mudar o time. O atacante Flávio Caça-Rato entrou na vaga de Danilo Pires, depois Betinho ocupou o lugar de Gamalho. Não adiantou. A equipe continuou inoperante ofensivamente. O Oeste, muito mais perigoso, voltou a ter uma outra oportunidade, quando o meia Serginho acertou um bom chute e Tiago Cardoso, que completou 150 participações coma camisa tricolor, voltou a fazer uma grande defesa e garantiu o empate.

Fonte: JC On Line

Nenhum comentário: