sábado, 3 de maio de 2014

Uma morte estúpida


UMA MORTE ESTÚPIDA

Um torcedor com a camisa de uma torcida organizada do Paraná Clube, de acordo com a Polícia Militar, morreu após ser atingido na cabeça por um vaso sanitário na saída do jogo Santa 1x1 Paraná, no Arruda, na noite dessa sexta-feira, provavelmente atirado da arquibancada. O homem, identificado como Paulo Ricardo Gomes da Silva, estava na Rua das Moças, na Zona Norte do Recife.
A Polícia Militar recebeu o chamado da ocorrência por volta das 23h20 e isolou o local. O jogo já havia terminado e houve registro de briga entre as organizadas dos dois times.
Não há suspeitos até o momento. E as investigações ainda serão iniciadas pela Polícia Civil.
Este é mais um episódio trágico do futebol local neste ano. Brigas entre torcidas organizadas são corriqueiras, além de depredações e arrastões.
Em 2014, esta é a primeira morte ligada ao futebol pernambucano. “Acredito que o vaso sanitário tenha sido atirado do setor da arquibancada onde estava a torcida do Santa Cruz”, avaliou um policial militar que atendia a ocorrência.
É comum nos estádios pernambucanos episódios em que vândalos arrancam privadas dos banheiros e atiram de cima das arquibancadas, sobretudo nos clássicos entre Sport, Náutico e Santa.
A polícia tem montado operações de guerra para tentar evitar a violência.

Fonte: JC ON Line

Nenhum comentário: