segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Boa impressão


BOA IMPRESSÃO

Gustavo Lucchesi

Se a primeira impressão é a que fica, Anderson Aquino deverá se tornar um grande ídolo no Santa Cruz. Após ser acionado na volta do intervalo, o atacante precisou de apenas dois minutos de bola rolando para marcar um golaço e cair nas graças da torcida. Seu último gol havia sido marcado apenas em 2012. Ainda buscando o ritmo ideal de jogo, por conta de lesões, Aquino saiu bastante feliz da sua primeira partida com a camisa tricolor. “Eu ainda preciso atuar mais para recuperar o tempo de bola, mas foi uma excelente estreia. Aproveitei a chance e claro que é bom demais estrear dessa forma. A torcida é maravilhosa”, disse o atacante.
Outro que foi bastante elogiado pelos torcedores foi o meia João Paulo. Com boa técnica e visão de jogo, ele não esteve em campo na disputa da Taça Chico Science, contra o Zalguiris, da Lituânia. “Não importa se é jogo amistoso ou clássico. Temos que ser competitivos sempre. Mesmo precisando de mais ritmo, fiz questão de ficar em campo o máximo que eu aguentava. Sábado já tem clássico e a temporada começa de fato”, comentou João Paulo, que foi revelado pelo Internacional.
E se Aquino e João Paulo chegam com total apoio da torcida, o mesmo carinho não é visto com Betinho. Toda vez que pegava na bola ele era vaiado, assim como lateral-direito Nininho. No primeiro tempo, Betinho teve apenas uma chance, mas furou feio e os torcedores presentes não perdoaram, vaiando bastante o atacante. Com as chegadas de Bruno Mineiro e Aquino a situação de Betinho é cada vez mais complicada no Arruda.

Fonte: Blog de Primeira, Folha de Pernambuco, Recife, 25/01/2015

Nenhum comentário: