domingo, 25 de janeiro de 2015

Santa Cruz enfrenta o Campinense


SANTA CRUZ ENFRENTA O CAMPINENSE

Yuri de Lira

Os torcedores estão desconfiados. A primeira impressão do Santa Cruz para a temporada não foi nada animadora. Depois de perder do Zalgiris Vilnius na última quinta, o time encara agora outro amistoso. Às 16h deste domingo, no Arruda, recebe o Campinense-PB. A torcida espera mais do que viu contra os lituanos. Bem mais. Mesmo dando um desconto em relação à limitação física e ao desentrosamento da equipe, convencer é necessário. Embora esta seja mais uma partida preparatória, o Tricolor e o técnico Ricardinho precisam desde já acabar com qualquer tipo de cobrança imediatista dos torcedores neste início de trabalho.
O duelo com os paraibanos é insuficiente para a diretoria colocar em xeque o desempenho do novo treinador. Desde quando foi contratado, a cúpula tricolor garante que quer mantê-lo no clube a longo prazo. Mas, às vésperas do início do Campeonato Pernambucano (justamente num clássico contra o Sport), outra atuação sofrível em mais um amistoso colocará uma pressão desnecessária de parte da torcida sobre o comandante e seus atletas.
Ricardinho sabe que outro resultado negativo, em uma análise superficial e margeada em resultados, conforme a tradição do futebol brasileiro, levará a contestações. Como já se pôde ver após a derrota nos pênaltis para o Zalgiris, quando a torcida vaiou a atuação dos corais e reclamou, principalmente, da falta de ofensividade do time. “Ninguém quer perder, lógico”. Ao mesmo tempo, o treinador ressalta que o objetivo do jogo frente ao Campinense é, de novo, meramente para ajustes da equipe. Para os mais desconfiados, ele garante que o Santa Cruz vai chegar num bom patamar físico, técnico e de entrosamento no estadual.
“Não dá para falar que estaremos 70% ou 100%. Mas vamos evoluir bem nesses dias e tenho certeza que chegaremos em uma boa condição. A nossa melhor forma virá com a continuidade. Isso não tem jeito. Não existe mágica”, afirmou. “O Pernambucano também vai ser de evolução para nós. As coisas vão ocorrer no decorrer da competição, não no primeiro, segundo jogo da gente", avisou, em seguida.

CAMPINENSE-PB

Comemorando o seu centenário neste ano, o rubro-negro se prepara para três competições no primeiro semestre: o Campeonato Paraibano, a Copa do Nordeste, além da Copa do Brasil. Vem de um amistoso contra o Murici-AL, no último sábado. Venceu por 2 a 1, no Amigão. Em relação ao time que atuou na partida, o técnico Francisco Diá deve fazer duas mudanças. O atacante Sandrinho, ex-Sport, deve substituir Gabriel Pimba - que sente incômodos na coxa esquerda. O volante Paulinho também pode ser titular no lugar de Michel.

Local: Arruda (Recife-PE)
Horário: 16h
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (sócio, estudantes, idoso e conselheiros)
Santa Cruz: Bruno (Fred); Nininho, Everton Sena (Alemão), Danny Morais e Léo Veloso; Edson Sitta, Bileu, Pedro Castro e Thiaguinho; Waldison e Betinho. Técnico: Ricardinho.
Campinense-PB: Marcão, Edy, Jairo, Joécio e Jerfferson Recife; Negretti, Leandro Santos, Paulinho (Michel) e Sandrinho; Reginaldo Júnior e Felipe Alves. Técnico: Francisco Diá.


Fonte: Diario de Pernambuco, Recife, 24/01/2015

Nenhum comentário: