segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Dureza pela frente


DUREZA PELA FRENTE

Daniel Lima

Os dez últimos suspiros no Campeonato Brasileiro da Série B. A disputa afunilou e promete ser no limite. Talvez, a briga contra o rebaixamento chegue até a rodada final da competição. Pelo menos é que o se desenha até aqui. Afundado no Z4, o Santa Cruz perdeu a segunda partida seguida – desta vez para o América/MG por 1x0, no Arruda – e ficou mais distante do Luverdense/MT, 16º lugar e primeiro time fora da degola, com cinco pontos a mais em relação a Cobra Coral, que está estacionada na 18ª posição. Dos males, o maior é que a tabela é dura.
Levando em consideração a classificação momentânea, o Santa tem quatro confrontos diretos (Figueirense/SC, Luverdense/MT, Náutico e Paysandu/PA), quatro duelos contra equipes que lutam pelo acesso (Oeste/SP, Vila Nova/GO, Paraná/PR e Juventude/SC) e dois embates diante de times que figuram no meio da tabela (Brasil de Pelotas/RS e Boa Esporte/MG). No entanto, o atual panorama pode mudar com a sequência das rodadas.
Diante de uma pressão gigantesca, Martelotte evita fazer cálculos para escapar da queda à Série C. Seu pensamento é conquistar os resultados jogo a jogo, deixando de lado a matemática. “Sempre tem um número mínimo (de pontos) que garante a permanência, mas entendo que o momento não é de fazer contas. É hora de buscar os resultados e somar pontos. Precisamos vencer nossas partidas”, minimizou.
Restam 30 pontos. São cinco jogos no Arruda e o restante fora de casa. Tomando como base as estatísticas das edições recentes da Segundona, o Tricolor precisaria somar mais 16 pontos (cinco vitórias e um empate) para atingir a média de segurança. Ou seja, um pouco mais da metade da pontuação em disputa. É necessário vencer todas as partidas como mandante e buscar um empate longe do Recife para garantir matematicamente a permanência.
O próximo compromisso dos corais será contra o Figueirense/SC, que ocupa a 17ª posição, com 32 pontos, três a mais em comparação aos pernambucanos. A partida está marcada para o sábado (14), no estádio Orlando Scarpelli, em Santa Catarina, pela 29ª rodada.

Os dez jogos restantes do Santa Cruz na Série B 2017

29ª rodada – Figueirense/SC x Santa Cruz, dia 14 de outubro;
30ª rodada – Santa Cruz x Oeste/SP, dia 17 de outubro;
31ª rodada – Brasil de Pelotas/RS x Santa Cruz, dia 21 de outubro;
32ª rodada – Santa Cruz x Luverdense/MT, dia 28 de outubro;
33ª rodada – Santa Cruz x Náutico, dia 4 de novembro;
34ª rodada – Vila Nova/GO x Santa Cruz, dia 7 de novembro;
35ª rodada – Boa Esporte/MG x Santa Cruz, dia 11 de novembro;
36ª rodada – Santa Cruz x Paraná/PR, dia 14 de novembro;
37ª rodada – Paysandu/PA x Santa Cruz, 18 de novembro;
38ª rodada – Santa Cruz x Juventude/RS, dia 25 de novembro.

Fonte: Folha de Pernambuco, Recife, 09/10/2017

Nenhum comentário: