quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Vila Nova - GO 1 x 1 Santa Cruz


VILA NOVA - GO 1 x 1 SANTA CRUZ

O Santa Cruz permanece vivo na Série B do Campeonato Brasileiro. Entretanto, isso está longe de ser uma boa notícia para o torcedor tricolor. Nesta noite, a Cobra Coral até que foi superior ao Vila Nova/GO, no Serra Dourada, em muitos momentos. Mesmo assim, não conseguiu superar o adversário e empatou novamente na competição: 1x1, gols de Geovane, para os mandantes, e Ricardo Bueno, para os visitantes. O resultado deixou o time pernambucano com 33 pontos, na zona de rebaixamento para a Série C, e ainda longe de se salvar da degola.
O duelo começou em ritmo lento. Por mais que atuasse em casa, e brigue pelo acesso, o Vila Nova/GO apresentava flagrante sonolência. Melhor para o Santa Cruz. Apesar de esbarrar nas próprias deficiências, o Tricolor não abriu mão de ir para cima. Até por conta da situação desesperadora que atravessa. Assim, o Tricolor teve uma boa chance com André Luís, em chute de fora da área. Luís Carlos fez boa defesa. Ricardo Bueno também testou o goleiro adversário e não obteve êxito. Pouco depois, Lourency fez gol, mas o lance foi anulado, corretamente, por impedimento.
Aos 23 minutos, novo susto para a Cobra Coral. Alan Mineiro bateu escanteio e Alemão, de cabeça, quase marcou. Foi um prenúncio. Dez minutos depois, o mesmo Alan Mineiro cobrou escanteio e Geovane cabeceou forte, fazendo 1x0. O empate quase veio com Ricardo Bueno, que cabeceou para grande defesa de Luís Carlos. Na segunda etapa, mais um gol anulado. Grafite cabeceou para as redes, mas estava em posição irregular. Pouco depois, aos 13, comemoração dos visitantes. Walber lançou Ricardo Bueno, que entrou na área e fez um golaço, batendo por cima do goleiro.
A tendência era de que o confronto ficasse mais aberto. Até porque, apesar das situações completamente distintas, ambas as equipes precisavam da vitória. E foram os donos da casa que tiveram uma grande chance. Lourency entrou na área, encobriu Júlio César e, quando ia concluir para o gol aberto, Anderson Salles evitou de forma heroica. A resposta veio quase de imediato, com Grafite, que cruzou com perigo. Bruno Paulo, porém, não conseguiu finalizar. Nos minutos finais, mesmo com os dois times mais expostos, poucos lances de emoção e um placar que refletiu bem a partida.

Ficha técnica

VILA NOVA - GO:

Luis Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gáston Filgueira; Geovane, PH, Alan Mineiro (Marcelinho) e Alípio (Fagner); Wallyson (Jenison) e Lourency. Técnico: Hemerson Maria.

SANTA CRUZ: Júlio César; Walber, Guilherme Mattis, Anderson Salles e Yuri; Wellington Cézar, Thiago Primão (Lucas Gomes) e João Paulo; Bruno Paulo, André Luís e Ricardo Bueno. Técnico: Adriano Teixeira (interino).

Local: Estádio Serra Dourada (Goiânia/GO). Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG). Assistentes: Celso Luiz da Silva e Marcus Vinicius Gomes (ambos de MG). Gols: Geovane, aos 33 do 1ºT, e Ricardo Bueno, aos 13 do 2ºT, para o Santa Cruz. Cartões amarelos: Alemão, Geovane, Marcelinho (VN); Bruno Paulo, Thiago Primão (SC). Público: 4.496. Renda: R$ 33.985,00.


Fonte: Folha de Pernambuco, 07/11/2017

Nenhum comentário: