quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Em busca de experiência


EM BUSCA DE EXPERIÊNCIA

Rafael Brasileiro

 
Pela segunda vez em um ano o Santa Cruz irá em busca de um novo goleiro. Após a saída de Tiago Cardoso do clube em 2016, o Tricolor trouxe Julio Cesar, que ficou apenas um ano no Arruda. Agora, a missão de buscar um novo camisa 1 é reiniciada e existe uma preocupação maior com a posição.
Nos últimos dois anos, o dono da camisa 1 não teve bom relacionamento com o torcedor do Tricolor. Em 2016, Tiago Cardoso teve seu pior ano com a camisa coral e foi para o banco de reservas em alguns momentos. Em 2017, Julio Cesar foi o dono do gol, mas a torcida o questionou bastante por alguns lances duvidosos. Toda vez que algum gol era sofrido de forma suspeita, a torcida pedia por Jacsson, nome predileto da direção coral para 2018.
O problema é que quando a permanência do goleiro foi ser negociada, o Internacional so aceitou emprestar o atleta se ele tivesse seus salários pagos pelo Tricolor. Algo fora da realidade do clube neste momento. Assim, a busca foi iniciada e o perfil já foi traçado.
“A gente quer um goleiro mais experiente. Nesse momento estamos trabalhando com dois nomes e inicialmente um vai ser o dono da posição. Devemos ter algum intermediário entre Lucas (Silva) e esse mais experiente”, explicou o diretor de futebol Allan Araújo.
Como o clube conta apenas com Lucas Silva, que nunca jogou profissionalmente pelo Tricolor do Arruda, e Matheus Coltrim, que será promovido do time sub 20, é mais do que necessário ter alguém mais experiente no gol coral. Em um ano que é preciso ter um time de baixo valor e que precisa conquistar o acesso, começar o time com um bom goleiro é mais do que necessário.


Fonte: Diario de Pernambuco, 20/12/2017

Nenhum comentário: