quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Grafite ainda indefinido


GRAFITE AINDA INDEFINIDO

Yuri de Lira

 
A “novela” que envolve a renovação contratual de Grafite com o Santa Cruz ainda não teve um desfecho. Em contato com a reportagem do Superesportes, o atacante confirmou que a oferta da diretoria não foi satisfatória e assim ele não estará na reapresentação coral, marcada para as 15h30 desta terça-feira, no estádio do Arruda. Uma nova reunião com o presidente Constantino Júnior ainda acontecerá.
As negociações de Grafite com o Santa Cruz se arrastam desde o fim da Série B do Brasileiro. Giram em torno da quitação de dívidas do clube com ele e da garantia do recebimento em dia dos próximos salários. Sem dar muitos detalhes do estágio das tratativas, o veterano centroavante de 38 anos assegurou que não estará à disposição do técnico Júnior Rocha nesta tarde. “Não vou (ao treino). Não chegamos a um acordo ainda”, pontuou.
Grafite afirmou, contudo, que a proposta apresentada pelo Santa não foi boa. Mas indicou que pode conversar com o presidente Constantino Júnior ainda nesta terça-feira para tentar resolver a situação. “O que me apresentaram não foi muito satisfatório, não foi o que eu estava pensando. Ficamos de ter outra conversa hoje (terça), só que estou na correria. Talvez, a gente se encontre mais tarde com o Tininho para resolver isso daí", contou.
Segundo informações apuradas nos bastidores, o ex-presidente executivo e atual presidente do Conselho Deliberativo, Alírio Moraes, se dispôs a bancar parte do passivo com o centroavante referente a este ano - valor no qual a diretoria havia se comprometido a pagar desde quando o centroavante retornou ao Arruda pela última vez depois de passagem no Atlético-PR.
Grafite chegou a ser procurado por equipes intermediárias de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais ao fim da Segundona. Mas os times em questão, que incluem o São Caetano, lhe propuseram contratos válidos por apenas três meses. Os projetos a curto prazo não agradaram o atleta.
Com quatro passagem no Santa, Grafite defendeu o Tricolor em cinco temporadas: 2001, 2002, 2015, 2016 e 2017. Nesse tempo, participou de 123 partidas e balançou as redes 50 vezes. Na temporada passada, fez apenas três.
 

Grafite no Santa Cruz
 

2001 - 22 jogos, 5 gols
2002 - 15 jogos, 11 gols
2015 - 15 jogos, 7 gols
2016 - 56 jogos, 24 gols
2017 - 15 jogos, 3 gols
Total - 123 jogos, 50 gols


Fonte: Diario de Pernambuco, 26/12/2017

Nenhum comentário: