quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Contra o Central, Santa Cruz terá cinco mudanças


CONTRA O CENTRAL, SANTA CRUZ TERÁ CINCO MUDANÇAS

Daniel Lima

Sem rodeios, o técnico Júnior Rocha confirmou a escalação do Santa Cruz para a partida contra o Central. Logo na primeira pergunta da entrevista coletiva, ele antecipou o time titular com cinco mudanças em relação ao que enfrentou o América. O goleiro Tiago Machowisk, o lateral-direito Vítor, o zagueiro Genílson, o volante Jorginho e o atacante Vinícius nas vagas de Ricardo Ernesto, Ítalo, Augusto Silva, Ilaílson e Augusto, respectivamente.
“O time é o que treinou nesta quarta-feira. Não sou de esconder escalação. Já tinha prometido”, adiantou. Sendo assim, a formação é a seguinte: Tiago Machowisk; Vítor, Renato Silveira, Genílson e Paulo Henrique; Jorginho, João Ananias e Arthur Rezende; Robinho, Vinícius e Jeremias.
Uma das surpresas no treino foi o centroavante Vinícius, anunciado oficialmente nesta quarta-feira (24) e já regularizado. Inclusive, ele tem estreia garantida com a camisa tricolor. Após atuar sem um atacante de referência nos três primeiros jogos, o Santa ganha um “homem-gol” no esquema tático. Aliviado com a chegada do reforço, o treinador coral disse que pela carência foi preciso escalar logo o recém-contratado, que vinha treinando desde o início deste mês.
“Não tínhamos um atacante de referência no grupo. Pela primeira vez treinei com um centroavante. Sou criterioso para escalar. Vinícius vinha treinando desde o dia 2 de janeiro e a necessidade fez com que ele chegasse já apto para o jogo. Estávamos precisando de um homem de referência”, comentou.
A partida entre Santa e Central acontece nesta quinta-feira (25), às 20h, no estádio do Arruda, pela terceira rodada do Campeonato Pernambucano 2018.

Substituto


Caso o meia Arthur Rezende volte a sentir dores na coxa direita, o substituto imediato é o volante Lucas Gomes. O armador só seria liberado para os treinos na sexta-feira (26), mas seu retorno foi antecipado pelo departamento médico.
“Ele treinou e se sentiu bem. Nós definimos que ele vai jogar, mas continua em tratamento. Queremos o Arthur (Rezende) no jogo. O segundo plano é o volante Lucas Gomes. Hoje, colocar Willams Luz ou Geovani de frente seria queimá-los. No decorrer do jogo é diferente”, encerrou o técnico Júnior Rocha.


Fonte: Folha de Pernambuco, 24/01/2018

Nenhum comentário: