terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Santa Cruz x CRB vale liderança do Grupo A do Nordestão


SANTA CRUZ X CRB VALE LIDERANÇA DO GRUPO A DO NORDESTÃO

Daniel Lima

Santa Cruz e CRB/AL medem forças no fechamento dos jogos de ida da primeira fase da Copa do Nordeste 2018. O duelo entre pernambucanos e alagoanos, vice e líder, respectivamente, hoje, no estádio do Arruda, às 21h45, pela 3ª rodada, vale a liderança do Grupo A. Invictos no regional, tricolores (uma vitória e um empate, com quatro pontos) e regatianos (duas vitórias, com seis pontos) são os favoritos à classificação para as quartas de final.
Mesmo com quatro jogos de invencibilidade - duas vitórias e dois empates -, além de não tomar gol há três partidas, o técnico Júnior Rocha cobra uma maior competitividade do time. “A ideia é aumentar a concorrência entre eles (atletas). Assim, os jogadores ficam mais atentos e a tendência é que se doem mais", declarou.
Dos nove jogos disputados pelo Santa em 2018, quatro deles foram como mandante, todos no José do Rego Maciel. Até aqui, uma vitória (sobre o Treze/PB por 3x0, pela rodada passada do Nordestão) e três empates (pelo Estadual), com um aproveitamento de 50%.
“Vai ser um jogo difícil, mas estamos em casa e temos que mostrar nossa força. Precisamos manter a pegada das últimas partidas”, disse o atacante Fabinho Alves sobre a invencibilidade da Cobra Coral dentro de seus domínios.
 

Indefinição

No último e único treinamento, ontem à tarde, no Arruda, antes de enfrentar o Galo da Pajuçara, o treinador coral esboçou a escalação, mas tem dúvidas para armar o time titular. A equipe de cima treinou com Tiago Machowski; João Ananias, Genilson, Augusto Silva e Paulo Henrique; Luiz Otávio, Jorginho, Hericles e Daniel Sobralense; Robinho e Augusto.
Além dos desfalques certos - lateral-direito Vítor e meia Jeremias, ambos machucados e ausências pela segunda partida seguida -, o Tricolor pode ter mais problemas. O lateral-esquerdo Henrique Ávila acabou se chocando com o atacante Robinho ao disputar a bola durante o trabalho recreativo e machucou o pé. Após levar a pior na dividida, teve que sair mais cedo do treino e deve ficar fora de combate. Além disso, o meia Arthur Rezende e o atacante Vinícius não participaram da atividade tática no gramado e são dúvidas.


Fonte: Folha de Pernambuco, 20/02/2018

Nenhum comentário: