sexta-feira, 2 de março de 2018

Flamengo-PE 1 x 1 Santa Cruz


FLAMENGO-PE 1 x 1 SANTA CRUZ

O Santa Cruz segue sem conseguir engrenar no Campeonato Pernambucano. Na noite desta quinta-feira (1º), debaixo de uma forte chuva, o Tricolor até abriu o placar diante do Flamengo de Arcoverde, na cidade homônima, mas sofreu o empate e não conseguiu sair do 1x1. O resultado deixa a Cobra Coral na decepcionante sétima colocação, com somente nove pontos somados em oito jogos no Estadual. Além de ter empatado pela sexta vez.
O duelo já havia começado com um certo receio por parte das duas equipes. O motivo era mais do que justo. Devido à forte chuva, o gramado do estádio Áureo Bradley se encontrava encharcado. Ou seja, antes mesmo do pontapé inicial, a tônica do jogo já estava desenhada: nada de muita técnica ou jogadas plásticas. Só com muita força de vontade para alguma jogada decente se desenhar.
Na prática, a expectativa se confirmou. O primeiro tempo foi lamentável, com muitos lances dignos de comédia pastelão. Ataques de perigo? Raríssimos. Mais fácil quando acontecia em uma bola parada. Não deu outra. Aos 35 minutos da etapa inicial, Hericles bateu falta com categoria e precisão, abrindo o placar para o Tricolor. Os mandantes tentaram reagir com Marlon, mas o atacante bateu para fora.
Na etapa final, os donos da casa voltaram mais ligados. Logo no início, Aruá exigiu grande defesa de Ricardo Ernesto. Era um mau presságio. Pouco depois, aos 13 minutos, Marlon arrancou em velocidade pela direita, em um dos poucos espaços "jogáveis" do campo e cruzou para a área. A bola bateu na defesa. No rebote, o mesmo Aruá recebeu e disparou sem chances: 1x1. O Santa ainda teve chances de retomar a vitória, mas Robinho e Hericles perderam boas chances.

Ficha Técnica

 
FLAMENGO-PE: Alex; Walber Felipe, Alaf, Charles (Edu) e Jorge; Aruá, Naldinho, Anderson Felipe (Nem) e Índio; Marlon (Tiago Mancha) e Jeorge. Técnico: Cícero Monteiro.

SANTA CRUZ: Ricardo Ernesto; João Ananias, Augusto Silva, Genílson e Paulo Henrique; Jorginho, Leandro Salino, Daniel Sobralense (Jeremias) e Hericles (Vinícius); Robinho (Geovani) e Fabinho Alves. Técnico: Júnior Rocha.

Local: Estádio Áureo Bradley (Arcoverde/PE). Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE). Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Marcelino Castro de Nazare (ambos de PE). Gols: Hericles, aos 35 minutos do 1ºT; Aruá, aos 13 minutos do 2ºT. Cartões amarelos: Jeorge, Charles, Jorge (F); Hericles (S). Público: 566. Renda: 11.190.


Fonte: Folha de Pernambuco, 01/3/2018

Nenhum comentário: