quinta-feira, 22 de março de 2018

Vitória sobre o Treze pode garantir primeira receita integral


VITÓRIA SOBRE O TREZE PODE GARANTIR PRIMEIRA RECEITA INTEGRAL

Daniel Leal

 
Trabalhando no vermelho durante a temporada, o Santa Cruz poderá garantir a primeira premiação integral de 2018. Uma vitória sobre o Treze, em Campina Grande, ratifica a classificação do clube às quartas de final do torneio e, consequentemente, uma receita de R$ 450 mil. A cota de participação da Copa do Nordeste (R$ 1 milhão), Campeonato Pernambucano (R$ 950 mil) e 50% dos R$ 500 mil referentes à participação na primeira fase da Copa do Brasil já foram antecipadas na gestão do presidente Alírio Moraes (2015/2017).
Não em vão a possibilidade da entrada dessa receita oriunda na Copa do Nordeste é vista com animação pela cúpula de futebol tricolor. Com folha salarial referente apenas ao futebol girando em torno de R$ 240 mil, o Santa Cruz pode garantir pelo menos mais um mês de salários em dia, além de um "bônus" para a busca por reforços.
"É um dinheiro que não resolve (a situação do clube), mas pode ajudar bastante", ressalta o diretor de futebol Fred Dias. "Realmente tem sido um ano difícil, mas as contas estão todas sendo administradas. Os valores de premiações vão poder dar um fôlego financeiro que o clube precisa para fechar as contas. Hoje temos despesas maiores que a receita por diversos fatores, não só de atletas, que estamos conduzindo com dificuldade, mas em dia, mas de outras despesas com funcionários. comissão (técnica), custos operacionais", acrescentou.
Atualmente, o Santa Cruz não possui um patrocinador master na camisa. O clube corre contra o tempo para fechar com um novo parceiro o quanto antes. Enquanto isso, vai fazer um malabarismo financeiro para manter as contas em dia. "A gente vai elegendo prioridades. Temos receitas com sócios, de empresas parceiras e vamos conduzindo tudo dentro das nossas possibilidades, sem ultrapassar nosso teto", pontuou Fred Dias.
Dois anos após o maior faturamento de sua história (R$ 36 milhões, sendo o 4º da região em 2016), o Tricolor projeta o menor orçamento de 2018 entre os principais clubes nordestinos. Estima-se que o Tricolor arrecade em torno de R$ 14 milhões na temporada.


Fonte: Diario de Pernambuco, 21/3/2018

Nenhum comentário: