sexta-feira, 13 de abril de 2018

No Santa Cruz, Sandoval volta a Pernambuco


NO SANTA CRUZ, SANDOVAL VOLTA A PERNAMBUCO

Daniel Lima

 
Apresentado oficialmente no Santa Cruz, o zagueiro Sandoval contou uma história curiosa em sua chegada ao Arruda. Natural de Bonito/PE, o recém-contratado retorna ao estado de Pernambuco 11 anos depois. Na passagem pela capital, defendeu apenas o América, em 2006, com o técnico Nereu Pinheiro. Antes, havia jogado sete meses na base do Porto, de Caruaru. O 29º reforço do clube, que estava no São Caetano há mais de quatro temporadas, tem 31 anos de idade e vai disputar o Campeonato Brasileiro da Série C e a Copa do Nordeste.
“Sai do América em 2006 e fui para São Paulo, onde fiz minha carreira e tive destaque no Santo André, na Ferroviária e no São Caetano. Não atuei nos grandes da Capital pernambucana, mas tinha o desejo de voltar pra cá e representar a minha cidade. Quero escrever uma história aqui, como fiz por onde passei. Recebi muitas mensagens de familiares e amigos, que ficaram felizes com a minha volta. Agradeço todo o apoio que me deram”, declarou.
Mesmo construindo grande parte da carreira em São Paulo, o defensor revelou que tinha vontade de vestir a camisa de um dos três maiores clubes pernambucanos no futuro. Ele saiu do estado quando tinha 18 anos de idade.
“Apesar de ter ido para São Paulo, eu tinha o desejo de voltar um dia para Pernambuco. Sabia até que, depois, seria mais fácil vim para um grande daqui. Meu objetivo foi alcançado. Fiz grandes campeonatos em São Paulo e surgiu o interesse do Santa”, comentou.

Negociação


As conversas entre Santa Cruz e Sandoval foram arrastadas. Como tinha contrato até o mês de maio com o São Caetano, teve que rescindir o vínculo com o time paulista para acertar com o Tricolor. Inclusive, ele disse que era um namoro antigo e rejeitou até propostas da Série A.
“Realmente teve a procura de clubes da Série A, mas fechei com o Santa. No ano passado, cheguei a ter um contato com o Santa Cruz. Dei a minha palavra e estou feliz por vestir essa camisa”, pontuou.


Fonte: Folha de Pernambuco, 12/4/2018

Nenhum comentário: