sábado, 28 de abril de 2018

Para superar o próprio histórico no início da Série C


PARA SUPERAR O PRÓPRIO HISTÓRICO NO INÍCIO DA SÉRIE C

Diego Borges

Além de jogar pela possibilidade de assumir a liderança do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro e distanciar-se ainda mais da má impressão gerada pelos insucessos da equipe no início da temporada no Campeonato Pernambucano e na Copa do Brasil, a partida de sábado contra o ABC na Arena de Pernambuco pode ter um peso ainda mais importante para o Santa Cruz. Em caso de vitória contra o time potiguar, o Tricolor construirá uma largada inédita em seu histórico na Terceira Divisão.
Levando em consideração o formato atual de disputa da Série C, com os participantes divididos em dois grupos de acordo com as regiões geográficas, o Santa Cruz faz a sua terceira participação em 2018 e, pela primeira vez, pode alcançar um aproveitamento de 77,7% na largada do campeonato, caso derrote o ABC, alcançando a soma de duas vitórias e um empate, superando os inícios de 2012 (55,5%) e 2013 (66,6%).
O peso do retrospecto se torna ainda mais importante se for levada em conta também a edição de 2008, quando a Série C era dividida em grupos com quatro clubes cada. Naquela edição, o Tricolor conseguiu a classificação para a segunda fase, mas acabou como lanterna de seu grupo na segunda fase, sendo rebaixado à recém criada Série D. No início da campanha foram somadas duas derrotas e uma vitória nos três primeiros jogos, começando com um aproveitamento de 33,3%, pior início coral na competição.
Série C 2008
Campinense 2 x 1 Santa
Santa 3 x 0 Central
Potiguar 3 x 0 Santa
Aproveitamento: 33,3%
Série C 2012
Santa Cruz 1 x 1 Guarany de Sobral
Salgueiro 2 x 2 Santa Cruz
Santa Cruz 2 x 1 Treze
Aproveitamento: 55,5%
Série C 2013
Santa Cruz 2 x 0 Luverdense
CRB 2 x 1 Santa Cruz
Santa Cruz 1 x 0 Cuiabá
Aproveitamento: 66,6%

Fonte: Diario de Pernambuco, 27/4/2018

Nenhum comentário: