quarta-feira, 30 de maio de 2018

Confiança 1 x 1 Santa Cruz


CONFIANÇA 1 x 1 SANTA CRUZ

Daniel Lima

Na estreia do técnico Roberto Fernandes no comando, o Santa Cruz arrancou um empate longe do Recife. Depois de sair perdendo no segundo tempo, os tricolores conseguiram deixar tudo igual e ficaram no 1x1 com o Confiança, na noite desta segunda-feira (28), no estádio Batistão, em Aracaju, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Com o resultado, os pernambucanos seguem fora do G4 - 5ª posição, com 10 pontos - e chegam a terceira partida seguida sem vitória na temporada. Já os sergipanos perderam a liderança do Grupo A, caindo para a 2ª posição, com 14 pontos, para o Atlético/AC. O próximo compromisso do time coral é contra o Juazeirense/BA, no sábado (2), às 18h, no Arruda, pela 8ª rodada.
Os pernambucanos souberam suportar o falso domínio dos donos da casa, que até tentaram fazer uma pressão, mas não encontraram espaços para quebrar a marcação dos tricolores. A postura defensiva e a estratégia de marcar na linha do meio de campo do Santa dificultaram a vida dos sergipanos. Como não conseguiu criar jogadas, o Confiança/SE arriscou chutes de longe e cruzamentos na área, mas sem sucesso. Por incrível que pareça, a melhor chance do primeiro tempo foi da Cobra Coral, com Halef Pitbull. O atacante aproveitou o cochilo da defesa adversária, roubou a bola e invadiu a área, mas o goleiro Genivaldo saiu do gol e fez uma grande defesa no lance cara a cara. Com oportunidades raras, o 0x0 persistiu na etapa inicial.
A estratégia do Santa Cruz foi destruída logo no início do segundo tempo. Aos 8 minutos, Iago construiu uma boa jogada pela esquerda e cruzou para o meio de área. O lateral-esquerdo Allan Veira cortou a bola mal, o goleiro Tiago Machowski evitou um gol contra com uma grande defesa, mas o atacante Léo Carioca finalizou para as redes no rebote. No prejuízo, a equipe coral não se entregou e foi em busca de uma reação. E teve a oportunidade de empatar aos 26 minutos, quando o atacante Fabinho Alves invadiu a área e bateu cruzado para o meia Jeremias, que chutou por cima do gol. Em seguida, Robinho deixou tudo igual. O atacante, ex-Confiança, apostou no individualismo e levou sorte no lance. Após o desarme da zaga, ele ficou com a bola novamente, bateu cruzado e contou com o desvio de Gabriel para balançar as redes.
Nos minutos finais, o Santa cresceu na partida e poderia até ter virado no placar. Mas o Confiança/SE também batalhou e o confronto seguiu em aberto. Apesar do ritmo eletrizante, as equipes ficaram no 1x1.
 

Ficha técnica

CONFIANÇA: Genivaldo, Ângelo, Gabriel, Simon e Radar; Diogo, Everton Santos, Rafael Villa e Silvy; Léo Ceará (Frontini) e Iago. Técnico:Luizinho Lopes.
 

SANTA CRUZ: Tiago Machowski; Vítor, Augusto Silva, Sandoval e Allan Vieira (Eduardo Brito); Charles, Carlinhos Paraíba e Valdeir (Fabinho Alves); Robinho, Halef Pitbull e Henrique Ávila (Jeremias). Técnico: Roberto Fernandes.
 

Local: Arena Batistão (Aracaju/SE). Gols: Léo Ceará (aos 5 minutos do 2T) e Robinho (aos 27 minutos do 2T). Cartões amarelos: Confiança/SE (Silvy); Santa Cruz (Charles, Allan Vieira, Carlinhos Paraíba e Eduardo Brito). Arbitragem: Marco Aurelio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes e Marconi Helbert Vieira (ambos de MG).


Fonte: Folha de Pernambuco, 29/5/2018

Nenhum comentário: