segunda-feira, 4 de junho de 2018

Comemorando a vitória


COMEMORANDO A VITÓRIA

Yuri Teixeira

Em sua estreia como comandante coral dentro de casa, o técnico Roberto Fernandes pôde comemorar os três pontos diante da Juazeirense, além da entrada, mesmo que provisória, do Santa Cruz no G4 da Série C. Apesar da vitória, o técnico coral foi expulso de campo no final da partida, e logo no início da entrevista coletiva não poupou críticas à arbitragem de Luiz César de Oliveira Magalhães. Após reclamar de uma inversão de lateral, o treinador acabou indo para o vestiário mais cedo.
"Eu gostaria de perguntar, se quem estava certo era eu ou a arbitragem?. Parece que os árbitros no Brasil se sentem acima do bem e do mal. Eu estava com a razão, era lateral nosso, e não da Juazeirense. Qual foi a justificativa dos sete minutos (de acréscimos)?", desabafou o treinador, que aproveitou o ocorrido para demonstrar a reaproximação ao torcedor coral e a importância dos três pontos. "Parece que tudo isso teria que acontecer para trazer o torcedor para o nosso lado! É fundamental entrarmos no G4, mesmo que ainda tenha jogos para complementar a rodada. Um jogo após uma eliminação em casa (para o ABC na Copa do NE), e o torcedor ainda chama o time de guerreiro, é trazer a torcida de volta para o nosso lado. Um grande aliado para alcançarmos nosso objetivo."
Depois de um primeiro tempo onde o Tricolor foi totalmente superior ao adversário, a segunda etapa foi repleta de emoções no Arruda. Com um a menos, o Santa conseguiu se segurar e Roberto elogiou a postura da equipe.
"Dentro de uma Série C, a equipe precisa de uma entrega. E tivemos esta entrega hoje (sábado), junto com um pouco mais de jogo vertical. Saímos na frente, e depois da expulsão do Allan no segundo tempo perdemos força. Apesar de estarmos com um a menos, encaixamos dois contra-ataques, e podíamos ter matado o jogo com Robinho, no rebote de Fabinho Alves. Se fazíamos aquele gol, não teríamos toda dramaticidade. Mas isso é bom, para começarmos a reconciliação com nosso torcedor. Com o apoio dele, faz muita diferença", salientou o técnico.

Jogo com o Salgueiro

 
Para a partida contra o Salgueiro, Roberto não poderá contar com Allan Vieira, expulso neste sábado, e Charles, que levou o terceiro amarelo. Além deles, Vítor deixou o gramado sentindo dores, e Valdeir saiu ainda na primeira etapa com lesão na coxa. Mesmo com os desfalques, Roberto Fernandes tem como meta vencer o Carcará e virar o turno embalado.
"Problemas com vitória é mais fácil de se administrar. Vamos aguardar as avaliações na representação dos atletas, para começar a trabalhar a equipe para o jogo contra o Salgueiro. Considero que este jogo será uma virada de ciclo. Se vencermos e terminarmos o turno dentro do G4, podemos embalar na competição." 


Fonte: Folha de Pernambuco, 02/6/2018

Nenhum comentário: