quarta-feira, 6 de junho de 2018

Robinho vivendo a melhor fase da sua carreira



ROBINHO VIVENDO A MELHOR FASE DA SUA CARREIRA

Daniel Leal

 
Responda rápido: o que os técnicos Júnior Rocha, Paulo César Gusmão e Roberto Fernandes tiveram em comum no Santa Cruz em 2018? Uma resposta rápida e segura remete ao atacante Robinho. Afinal, os três treinadores não somente escalaram o atleta de 23 anos em todos os jogos em que estiveram à frente do time, como também gastaram elogios ao potencial tático e técnico do jogador. E não foi em vão. Vivendo a melhor fase da carreira, Robinho ostenta algumas marcas importantes na temporada. É, por exemplo, o artilheiro do time e o único atleta do elenco a ter realizado todas as 28 partidas do clube, nas quatro competições disputadas até aqui.
Natural do sertão de Madalena, no Ceará, onde viveu uma infância difícil, Robinho chegou ao Santa Cruz sem muito alarde. Um dos mais de 30 reforços do clube contratados neste ano, o atleta chegou por empréstimo do Ceará, onde tem contrato até o final do ano que vem. Vinha de uma temporada com título estadual pelo Cuiabá, mas de poucos gols. Em 2017, pela equipe mato-grossense foram quatro. 2016, dois pelo Novo Hamburgo. Em 2015, três gols pelo Confiança. Somente somando então as últimas três temporadas, supera-se o número de gols que o atacante tem neste ano pelo Tricolor: 9 x 8. Uma evolução comprovada não apenas em números, mas também traduzida por boas atuações.
“Quando recebi o convite do Santa Cruz, tinha várias propostas. Mas não pensei duas vezes em jogar aqui. É uma oportunidade única de crescer no futebol, de ter todo o pessoal me vendo e mostrar até para mim mesmo podia que jogar em clube grande, de torcida, de cobrança”, destacou. Robinho. “E aqui Deus está honrando o trabalho que venho fazendo dia a dia. A gente colhe o que planta e Deus está sendo maravilhoso comigo. Os treinadores sempre mandaram eu pisar mais dentro área e a bola está sobrando para mim. Estou ficando no momento certo e na hora certa concluindo os gols. É trabalhar para manter essa fase de artilheiro”, completou.
Além dos quatro gols no Brasileiro, Robinho marcou dois no Estadual e outros dois pela Copa do Nordeste. Dos 28 jogos disputados, apenas em um ele não foi titular - porque foi poupado contra o CRB, pelo Nordestão. Acabou entrando no segundo tempo. Em somente outros dois, foi substituído ao longo da etapa final. Nada de lesões, nem de desgaste físico. “Estou sempre me dedicando ao máximo nos treinamentos. Fiz uma boa pré-temporada e é tudo fruto de muito trabalho, não tenha dúvida. Eu trabalho no limite sempre. Acho que estou colhendo os frutos da dedicação”, afirmou.
"É um garoto com muito potencial. Agora, ele precisa ser lapidado no dia a dia, com muito trabalho. Às vezes, ele até deixa de explorar todo o potencial dele pela própria juventude. Não digo que a juventude seja um defeito, mas precisa ter aquela maturidade tática", ponderou o técnico atual do time, Roberto Fernandes. "Ele já é peça importante, 'titularíssimo', mas na minha ótica ainda cresce muito mais", pontuou.
 

Propostas

Marcando gols em todos os últimos quatro jogos do Santa Cruz na Série C, o atleta já é o vice-artilheiro da competição, com quatro gols. Não à toa, Robinho vem recebendo sondagens de outros clubes. Até propostas, segundo ele. Nada que o faço tirar a concentração do momento no Tricolor. “Meu pensamento e foco é no Santa Cruz hoje. Por ter me aberto as portas ficar… Quero ficar até o final temporada e colocá-lo de volta à Série B. Recebi propostas já, mas estou focado aqui, falei que não quero sair. Quero ficar até o término do meu empréstimo e colocar o clube na Série B concretizando uma belíssima campanha”, disse.

Fonte: Diario de Pernambuco, 05/6/2018

Nenhum comentário: